Ganhador de medalha de prata no Salão Mundial do Queijo 2019, realizado em Tours na França e medalhas de bronze nos Prêmios Queijo Brasil 2017 e 2018. Maturado por no mínimo 30 dias em prateleiras de madeira, aos pés do Pico do Itambé, também chamado de “teto do sertão mineiro”, o Itambé é um dos pontos mais altos da Serra do Espinhaço e do interior mineiro e já foi considerado o mais alto do estado sendo o marco referencial para os naturalistas, exploradores e bandeirantes que passaram pela região, desde o século XVI.

 

Peso aproximado: 800 g.

 

Maturação

Do produtor: maturação na própria fazenda.

 

Acompanha bem

Vinhos: Porto (fortificado), casta tinta Pinot Noir e Madeira Boal.

Cervejas: Pilsen, Oktoberfest/Märzen, Belgian Blond Ale, Trapista e Strong Scotch Ale.

Cachaças: armazenada em carvalho (toque sutil), armazenada em carvalho (toque marcante), armazenada em amburana, armazenada em bálsamo estilo Salinas e Prata (não armazenada).

 

Dúvidas sobre armazenamento, consumo ou outras? Entre em contato. Cel/WhatsApp (31) 9 9789-5272.

Maria Nunes - Serro

R$70,00Preço
  • Christiane Sena Brandão, fazenda Maria Nunes - Santo Antônio do Itambé, MG.

  • Produto com indicação geográfica reconhecida pelo INPI

    Microrregião: Serro

    Coordenadas geográficas: 18°30'22.1"S 43°18'58.6"W

    Altitude: 767 metros

    Pluviosidade média anual: 1403 mm

    Temperatura média: 20.8 ºC

    Vegetação: Mata Atlântica

    Clima: tropical de altitude

    Gado: vacas da raça Holandesa

    Pastagem e suplementação: Brachiaria